Leia, Pense e ... Seja bem-vindo!!!


sábado, 16 de junho de 2012

Mauá, Empresário do Império (Jorge Caldeira)

E, terminamos a leitura de mais um livro. Desculpem, não é "mais um livro". Jorge Caldeira consegue dar uma empolgante aula (no sentido lúdico da palavra) de história do Brasil baseada na figura de um personagem especial para esta mesma história. Nos livros didáticos, a figura do Barão de Mauá era colocada de forma demasiadamente sintética. Ele era apenas o homem que construiu a primeira estrada de ferro do Brasil. Ah, esses livros didáticos...

Quando em vez, a TV Minas estava passando o filme Mauá, O Imperador e o Rei . Assisti-lhe e me interessei pela figura do Barão. A atuação de Paulo Betti também me aguçou o interesse. Nestas minhas peregrinações pelo Sebo do João , ali na Bernardino Macieira (Rua do Fogo), acima do antigo Bar do Alaor, encontrei este livro a preço que só o João consegue promover. Comprei-o. Não me arrependi.

 A história de Mauá corre por todo o Império, criação e ocaso. A figura de Pedro II tinha minha admiração, um pouco infantilizada. Havia lido sobre o compositor Carlos Gomes, que também viveu sob a era do Segundo Império. A vida do Barão, depois Visconde, descrita neste livro , faz entender algumas coisas sobre o nebuloso mundo político de um país em lenta construção, em que a lei era fachada para alimentar egos e fomentar antipatias particulares. Compreendi que os visionários , os que enxergam à frente de seu tempo, não são só incompreendidos mas, também ,veementemente combatidos. Caro leitor, se suas ideias forem aquém do senso comum, espere perseguições baseadas na inveja e nos ciúmes.

Se naquele tempo houvesse um Nobel de Economia, o Brasil teria seu primeiro prêmio. Mauá era tido como um dos homens mais influentes para a economia mundial, principalmente pelos ingleses, monopolizadores da economia da época. Aliás , eu , que pouco entendo de Economia e só agora precisei estudar um pouco sobre Administração, passei a compreender que os bons administradores enxergam mais que lucros : visam o desenvolvimento econômico e social de um país a partir da relação de respeito com o trabalho e seus trabalhadores.

 É um livro para quem quer aprender sobre histórias de superação, de conspiração, de aventura, de visão de mundo, de relações sociais e políticas , de amizade e perseguição, e, outras histórias de vida.
.
 Realmente, o filão das biografias é muito interessante. Já passei por Paulo Coelho, Carlos Gomes, Assis Chateubriand e finalmente com Mauá. Uma vida, uma boa história, um bom escritor, uma boa leitura, um lazer. Prazer.

Agora é rever o filme e fazer uma releitura.

 Recomendo.

Obrigado pela visita !!!

Seguidores

Postagens populares

Marcadores