Leia, Pense e ... Seja bem-vindo!!!


segunda-feira, 9 de maio de 2011

E uma leitura puxa... outra !!

Desde que me adentrei no mundo de Machado de Assis a vontade é de ir mais fundo. Comecei com D.Casmurro. Foi paixão a primeira vista. A análise psicológica, o olhar universal, a construção dos personagens e algo mais me fez ter Machado de Assis como um guru literário.

Veio Memórias Póstumas de Brás Cubas. As experiências amorosas baseadas no romance proibido e nas divagações (imperfeições) humanas me chamaram atenção nesta obra. Comecei a perceber o gosto do Bruxo pelas alienações mentais a que todos estão sujeitos. Então , nada melhor que irmos ao Alienista . E fomos...

Maravilhosa abordageme sobre a questão : o que é a normalidade e a análise da dúvida : quem são aqueles que estão em pleno juízo? Existem ? Na arte desta análise , só houve comparação, dos que li, com Lima Barreto com seu Policarpo Quaresma e , em grau menor, a Verônica , de Paulo Coelho e a biografia do mesmo (O Mago).



Terminei outro dia de ler Quincas Borba. Toda comparação é injusta. Mas , aqui não posso deixar de manifestar minha insatisfação. Parecia que Machado ia por um caminho mais interessante, mas , para mim não passou de, desculpe a repetição, de um bom passa tempo, que pouco me acrescentou ao final do livro. Valeu a reflexão de como são tratados os doentes mentais em nossa sociedade : não mudou muita coisa desde os tempos do Rubião. Ah, e ficou a curiosidade de saber se esta moda de loucos com mania de grandeza se acharem Napoleão, vem dos escritos de Machado de Assis.

Para continuar nos caminhos do Bruxo do Cosme Velho , talvez pegue Esaú e Jacó, mas isto é para mais adiante.



Agora procurei beber de leitura espiritual e, aproveitando este mês de Maio, estou lendo, novamente , O Silêncio de Maria, de Inácio Larrañaga. È um livro marcante para mim e que vale a pena ler de novo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita !!!

Seguidores

Postagens populares

Marcadores