Leia, Pense e ... Seja bem-vindo!!!


segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Os 250 anos da Paróquia de SantAna -um marco regional

Matriz de Carrancas,antigo centro religioso regional/Fonte Wikipedia


Comemorar os 250 anos de criação da Paróquia de Santana das Lavras do Funil é revisitar a história de todo o Sul de Minas.


Estamos na década de 50 do século XVIII. O catolicismo é uma das forças de maior influência na vida das pessoas. Nesta região onde Lavras se encontra, mais precisamente entre S.João del Rei e Campanha, a Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Carrancas é a sede Paroquial (não esqueçamos do Poder Político da Igreja naqueles idos).

Tenho minhas origens em Carrancas e conheço um pouco de sua história. Aqui vale a pena pensar em termos geográficos : a quantidade de cachoeiras que faz de Carrancas , hoje , ser um dos melhores destinos turísticos de Minas, pode ter influenciado na história da região. Calma, leitor, explico-me : onde há muitas nascentes que resultam em cachoeiras como no caso de Carrancas ? Num ambiente cercados de serras, não é ? O que isto tem a ver com a história ? Vamos lá ...

Os lavrenses da época tinham que se deslocar para Carrancas para os festejos religiosos_ Semana Santa e Natal , os principais , nesta ordem. Dá para imaginar as dificuldades, não ? Os caminhos que levam a Carrancas são lindos mas , não são tão fáceis de trilhar. Minha família é proprietária de uma foto de Carrancas em 1910. Nada mais que uma Igreja cercada por um casario em sua volta, umas 40 casas no máximo. Abrigar esta gente todo que vinha para as festas não deveria ser coisa fácil . Um famoso botânico francês , Saint-Hillaire, ao visitar o lugarejo no início do séc. XIX descreveu a vila tal como a referida foto. Imaginem, então, cerca de 50 anos antes ...

Começam as lutas políticas.

Os lavrenses reivindicam "independência" da freguesia de Carrancas. Os motivos são religiosos mas decidirão definitivamente o destino das duas localidades. (Seriam os lavrenses da época mais politizados que os de hoje ? Não houve resistência dos carranquenses à esta derrota branca ?)

Há autorização do Bispo para a criação de nova Paróquia em Lavras e começa, a toque de caixa, a construção da Igreja de Santana das Lavras do Funil. Quem visita a antiga Matriz percebe que sua estrutura é precária e que sua edificação não é sólida como a de outras Matrizes, como a de Carrancas mesmo.

O desenvolvimento de Lavras e a inércia de Carrancas (que só alcança sua emancipação em meados do séc. XX) passa por este ponto histórico decisivo. A independência religioso-política de Lavras alavanca a criação de novas paróquias regionais.

E a história continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita !!!

Seguidores

Postagens populares

Marcadores