Leia, Pense e ... Seja bem-vindo!!!


quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Casa Grande e Senzala !!


"Para os franceses, o hábito de ter um funcionário que se ocupe de cozinhar, lavar, passar, limpar e tomar conta das crianças rotineiramente, como acontece na maior parte das nossas casas, é próximo demais da escravidão para ser tolerável no mundo de hoje."

Leia mais em Diferenças Domésticas.

Comentário do BLOG : A exploração de trabalhadores no Brasil é fato. Das classes trabalhadoras que tenho algum tipo de contato, as mais exploradas são as empregadas domésticas e os trabalhadores do comércio.

Há a cultura entre os patrões de que têm-se que exaurir ao máximo os trabalhadores, como se o ínfimo salário pago não fosse , ainda assim, um investimento que valesse a pena.

Vê-se injustiças desde a não assinatura de carteiras de trabalho até o não pagamento devido de horas extras. E quando o empregado tem problema de saúde , então, vocês já imaginam o que acontece.

Dá nojo ouvir patrões repetindo o jargão : se você não está satisfeito, tem um monte querendo ... Como se a dificuldade de encontrar emprego no país justificasse todo e qualquer tipo de mau trato. E muitos deles participam de movimentos religiosos, com aquele jeito caricaturado de bons cristãos ...


Trabalhador satisfeito é trabalhador que produz mais e melhor: seria difícil entender isto? O que passa na cabeça de certos empregadores ? Eu oprimo e humilho o empregado e assim mantenho as rédeas? É assim que aprendem nos diversos cursos de administração de pessoal ?

Casa-Grande e Senzala : a realidade brasileira é a mesma , passados 122 anos da pseudoabolição do trabalho escravo !!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

´Legrand, Jobim e Big Bands !!


Certa vez, ganhei um DVD de um grande amigo,o Paulo André. Ele é conhecedor de meus gostos musicais e a jóia que veio foi um show de Tom , Vinícius, Toquinho e Miucha na Itália. Pelo jeito, gravado lá pelo final dos anos 70.

Uma fala de Vinícius me chamou a atenção : ele , ao apresentar Tom Jobim, o comparou a grandes do cenário musical como o argentino Astor Piazzola e o francês Michel Legrand,entre outros.

Já tive a oportunidade de apresentar, neste espaço, um vídeo com música de Piazzola.

Ao ler o Noblat de hoje, me deparei com esta pérola de Legrand , Pieces of Dreams .

Ouviram ?

Não resisti à tentação de pensar na nossa Big Band executando uma peça destas!

Como as de Jobim, a música de Legrand valoriza o músico que a executa.

Vou propor ao Dilson, da BB, a execução desta como desafio. Ele irá aceitar?

Confiram em uma próxima apresentação da BB, talvez em Maio.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

E vamos às Cinzas !!

E termina o Carnaval ...

E começa o ano para muita gente !!!

Flagrantes do Camarote do Blog do Paulinho no Bloco Pressão Alta !!

video





segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Carnaval com Cristo 2010 : uma bênção para Lavras !!!

O 1o. dia do Carnaval com Cristo esteve ótimo !!!

Foi um convite para voltarmos hoje !!

E voltamos !!!

Bons momentos de festa com uma Banda ótima ( TOM DE DEUS ) e um povo em busca de uma diversão sadia. Diversão esta que nos aproxima de Deus.

Amanhã, com a graça de Deus, voltaremos...

Flagrantes do dia de hoje :








Amanhã tem mais !!! È tudo de bom !!!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

O Quereres ( em especial para o pessoal do 2o. ano)

Conversando sobre Figuras de Linguagem com alguns alunos do 2o. ano do Cristiano (Luíza Helena e cia.) expus o jogo de palavras superharmônico ( e complicado...) de Caetano Veloso na música O Quereres.

Deixo a seguir música e letra de O Quereres para apreciação dos alunos e de quem gosta de boa música com boa letra !!

Com vocês, Caetano Veloso !



O Quereres
Caetano Veloso

Onde queres revólver, sou coqueiro
E onde queres dinheiro, sou paixão
Onde queres descanso, sou desejo
E onde sou só desejo, queres não
E onde não queres nada, nada falta
E onde voas bem alto, eu sou o chão
E onde pisas o chão, minha alma salta
E ganha liberdade na amplidão

Onde queres família, sou maluco
E onde queres romântico, burguês
Onde queres Leblon, sou Pernambuco
E onde queres eunuco, garanhão
Onde queres o sim e o não, talvez
E onde vês, eu não vislumbro razão
Onde o queres o lobo, eu sou o irmão
E onde queres cowboy, eu sou chinês

Ah! Bruta flor do querer
Ah! Bruta flor, bruta flor

Onde queres o ato, eu sou o espírito
E onde queres ternura, eu sou tesão
Onde queres o livre, decassílabo
E onde buscas o anjo, sou mulher
Onde queres prazer, sou o que dói
E onde queres tortura, mansidão
Onde queres um lar, revolução
E onde queres bandido, sou herói

Eu queria querer-te amar o amor
Construir-nos dulcíssima prisão
Encontrar a mais justa adequação
Tudo métrica e rima e nunca dor
Mas a vida é real e de viés
E vê só que cilada o amor me armou
Eu te quero (e não queres) como sou
Não te quero (e não queres) como és

Ah! Bruta flor do querer
Ah! Bruta flor, bruta flor

Onde queres comício, flipper-vídeo
E onde queres romance, rock’n roll
Onde queres a lua, eu sou o sol
E onde a pura natura, o inseticídio
Onde queres mistério, eu sou a luz
E onde queres um canto, o mundo inteiro
Onde queres quaresma, fevereiro
E onde queres coqueiro, eu sou obus

O quereres e o estares sempre a fim
Do que em mim é de mim tão desigual
Faz-me querer-te bem, querer-te mal
Bem a ti, mal ao quereres assim
Infinitivamente pessoal
E eu querendo querer-te sem ter fim
E, querendo-te, aprender o total
Do querer que há e do que não há em mim

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Sempre é tempo de recomeçar...outra leitura !!!

Término de leitura.

Ontem terminei de ler O Mago , de Fernando Moraes, que conta a trajetória de vida do escritor Paulo Coelho. Aprovei! Uma leitura gostosa, interessante e com importantes lições de vida e para a vida.

Este negócio de leitura vicia...

Hoje comecei a leitura de outro livro. Por sugestão da minha esposa, comecei a ler Buscai as Coisas do Alto, do inesquecível Padre Léo,scj. Uma leitura mais meditativa que promete abalar as minhas estruturas espirituais : assim espero.

Ler é mais que um exercício para mim . Desde criança, é um prazer.

Vai aqui uma homenagem saudosa ao meu pai Rubens, que me iniciou no prazer da leitura. Tinha o costume de trazer-nos livros de presente quando das suas viagens. Se eu pedisse livro de presente, o pedido era sempre atendido. O recebimento do presente era sempre uma festa.

Salve o pai Rubens e uma de suas melhores heranças: o gosto pela leitura.

Obrigado pela visita !!!

Seguidores

Postagens populares

Marcadores